Vinagrete Fácil

Ingredientes

  • 2 tomates cortado em cubos pequenos
  • 1 cebola cortada em cubos pequenos
  • 1 pimentão verde cortado em cubos pequenos
  • 1 xícara de azeite
  • ¼ xícara de vinagre
  • ½ xícara de salsinha
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

  1. Misture com um fouet o azeite, vinagre, sal e pimenta.
  2. Adicione o resto dos ingredientes.

 

 

O Peixe e os Crustáceos

Digestão fácil, rica em oligo-elementos e em proteínas, são algumas das virtudes do peixe e dos crustáceos, indispensáveis na dieta do corredor. Não deixe de os consumir, pela sua saúde!

Peixe. Para esclarecer sobre as sua virtudes, uma comparação com a carne permite, sem qualquer dúvida, classificá-lo como um dos alimentos preferenciais à sua dieta devido a ser um alimento rico em proteínas. As qualidades identificam-se com as da carne, mas a melhor digestão dá-lhe um estatuto suplementar devido à sua pobreza em fibras (em relação à carne que comporta a colagéne, uma fibra que retarda a digestão) e lípidos.

O peixe contém todas as propriedades procuradas por um corredor. É necessário também notar que mesmo os peixes gordos (tais como o salmão, a cavala, a enguia, a sardinha e até o arenque) contêm gorduras  O peixe favorece o curso do treino e permite manter o peso, limitando o consumo de lípidos. Antes de uma competição, o consumo de cozidos é bastante importante, os alimentos devem ser cozidos sem gordura, em lume brando. Atenção ao peixe cru, tipo cozinha japonesa, que trazem grandes riscos de intoxicação alimentar.
Comparado à carne, o peixe é mais rico em proteínas e oligo-elementos. Comparado à carne, o peixe é também mais rico em oligo-elementos, por exemplo, em cálcio, com 20 a 40 miligramas por cada 100 gramas de peso, com uma boa assimilação ao nível intestinal e celular, outro factor interessante é o facto de o cálcio intervir no fenómeno da contração muscular, o que vai ajudar a melhorar o desempenho atlético. O peixe contém também outra molécula muito importante, o fósforo (tem um papel activo ao nível enzimático e energético).

 

Fonte: http://www.aminhacorrida.com